segunda-feira, 29 de abril de 2013

Entre na luta contra o Câncer



Entre na luta contra o Câncer, divulgue para todos as histórias, participe das campanhas, visite os que estão nos hospitais, faça uma oração por todos que sofrem... existem muitas maneiras de ajudar e você vai encontrar a sua.... O Câncer é uma doença cruel e triste, que leva os que amamos e planta uma semente de dor no coração de quem fica... Guarde sempre um pedacinho do seu dia para enviar uma vibração de amor pelos que lutam !


4 meses se passaram sem a minha amiga querida, sem minha companheira, minha mãe tão presente na minha vida... São 4 meses de uma mistura de sentimentos e emoções que acho que nunca vou conseguir explicar... Hoje ainda vivo o dia 29 com uma grande tristeza no coração, as lembranças ainda estão tão vivas na minha cabeça que é difícil não reviver os momentos de dor que passamos.

Recordo o último encontro, o último toque, o beijo carinhoso que nunca mais se repetiria... recordo as horas de tristeza e os pensamentos de amor e gratidão que enviei pra minha mãezinha naqueles últimos momentos ao lado dela... E é tudo tão vivo na minha mente que fecho os olhos e posso descrever os detalhes daquele último instante tão dolorido pra mim e pra todos que a amavam... Eu espero um dia poder viver esse dia com um sentimento diferente do que tenho hoje, espero conseguir transformar essa saudade em algo menos dolorido e sofrido... mas confesso que ainda não sou capaz... eu tento mas ainda não consigo. Algumas caixas ainda estão pela casa, algumas cartas eu ainda não consegui reler... tantas fotografias, tantas lembranças... As coisas dela estão por todo lado e pra onde quer que eu olhe vejo o sorriso alegre de minha mãe, como que me confortando e me dando força para seguir. 

A vida aos poucos vai retomando seu ritmo e tudo vai caminhando conforme tem que ser mas aqui dentro de meu coração ficou um buraco enorme que ainda dói e que ainda machuca muito... Minha mãezinha tão bonita, tão alegre, tão cheia de planos... sempre tão perto de mim, sempre tão presente em todos os meus dias... Quanto mais o tempo passa mais eu percebo o quanto ela era importante em minha vida, ninguém mais consegue chegar até mim como ela. O amor que ela tinha pelas minhas filhas era tão intenso e tão presente que era um conforto para meus dias, uma certeza que me deixava tranquila perante o futuro... quando ela estava aqui eu tinha mais confiança nos dias que viriam... a sensação de não estar sozinha no mundo é algo que só ela me dava... Saber que ninguém mais compartilha desse amor comigo é triste e me faz sentir sozinha e insegura... Lembro da maneira como ela olhava para as meninas, da satisfação de ver cada progresso delas, da alegria de cuidar delas... podia ser a qualquer dia e a qualquer hora que ela estava sempre disposta, tudo que ela queria era tempo livre para ficar mais perto da gente... Olho as fotos e me dá tanta saudade disso, as conversas tão naturais, a maneira tão simples de ser eu mesma quando estava com ela... a serenidade que sentia quando via ela brincando com minhas filhas com tanto amor, tão sincera... Lembro de como ela sempre sabia quando eu estava irritada, de como ela ria de mim quando eu ficava brava... lembro de acordar cedinho e ver ela chegando no meu portão com um saco de pão quentinho e um sorriso enorme no rosto e minhas filhas correndo felizes pela casa pra receber ela... Era tudo tão natural e tão certo na nossa vida que nem percebíamos o quanto aquilo era grandioso e precioso... Sinto falta dela desesperadamente, várias vezes no dia eu paro no meio da casa e me sinto perdida sem ter ela pra telefonar... 

O tempo passa diferente sem minha mãe, tudo ficou mais quieto, mais triste e eu me sinto solitária... Minha mãezinha... tão linda, tão alegre, tão orgulhosa de minhas conquistas, tão presente em meus dias, tão cheia de vida e de amigos, tão aberta para a vida, tão feliz com as coisas pequenas que vivia... minha mãezinha tão batalhadora, tão lutadora, tão honesta e correta com tudo ao seu redor... tão íntegra em suas amizades, tão sincera em seus sentimentos... O mundo é esquisito sem ela, tudo fica pela metade e por onde quer que eu vá é como se parte de mim estivesse faltando... 

Minha filha sábado antes de ir pra chácara falou que ia ser divertido mas que com certeza seria mais divertido se a vovó estivesse lá e eu senti um aperto no coração, uma tristeza em perceber que elas jamais terão um amor tão grande novamente... 

Hoje faz 4 meses que ela partiu e faz 4 meses que eu estou reaprendendo a viver sem ela... e não tem como segurar as lágrimas, não tem como não lamentar essa perda tão sofrida em nossas vidas... Sinto tanto sua falta mãe, sinto tanto por vc ter partido, sinto tanto por não ter conseguido te ajudar... Receba aí no céu o meu abraço de amor e gratidão e todo meu carinho. Tenho pedido a Deus para acalmar meu coração e tenho pedido a Deus para me ajudar a seguir e sei que vou conseguir viu... Te amo muito e nunca vou esquecer tudo que vc deu pra mim e para minhas filhas... seu amor será eterno em nossos corações...

Nenhum comentário: