terça-feira, 23 de abril de 2013

Sou bipolar ?

O que dá sentido a nossa vida... um diploma, um namoro apaixonado, um casamento sólido, filhos, carreira... uma casa confortável, um carro novo... Eu costumo rezar sendo grata a Deus por tudo que ele me deu, afinal eu nasci em uma boa família de boas pessoas, cresci em meio a amor e honestidade, tive bons exemplos e guardo boas lembranças... eu fui uma jovem feliz, curti muito minha juventude com bons amigos em bons momentos... dei muitas risadas, conheci muitos lugares... Eu me casei com a pessoa que amava, aprendemos juntos e sossegamos juntos, consegui minha casa, tive duas filhas, tenho um casamento feliz e tranquilo... eu estudo o que gosto e tenho planos que com certeza irão se realizar. Eu acordo todos os dias do lado das pessoas que mais amo, recebo um sorriso de cada uma de minhas filhas antes de deixar elas na escola e quando meu marido sai para o trabalho eu sento no sofá e olho ao redor e penso que realmente sou uma pessoa de sorte... apesar do câncer que tem devastado minha rotina que eu tanto preciso para viver... O que falta para cada um de nós se sentir realizado ??? O que falta dentro de nossos corações para que possamos sentar quietos sem esperar por alguma coisa ??? Eu fico aqui com meus pensamentos inquietantes e minha bipolaridade e tudo parece estranhamente incompleto dentro de mim... o que falta ??? Reforma íntima é o que tenho mais ouvido nos últimos tempos, aperfeiçoamento moral... conquistas que ninguém vê... Mas como controlar o próprio coração, como abandonar velhos vícios, como transformar sentimentos e esquecer a dor... E um pensamento pulsante fica me martelando as ideias... o desejo de uma explosão espiritual em minha vida fica cutucando minha felicidade e minha paz... o que falta ??? Minha busca pela verdade da vida me deixa maluca as vezes, esse desejo constante de compreender o motivo de cada pequeno acontecimento... E eu fico nessa conversa constante com algum ser imaginário que habita minha mente... resmungando questões absurdas e questionando acontecimentos rotineiros como se existisse um propósito majestoso para cada pequeno passo meu... Quanta prepotência e arrogância carregamos no coração... somos um pequeno e insignificante grão de areia nesse universo incompreendido e ainda assim desejamos ser o centro de tudo... O que buscamos nessa vida ? Porque estamos aqui ? E daí me vem uma vontade enorme de chorar... mesmo com todos os presentes que a vida me dá, mesmo com tantos motivos para ser grata e feliz... Que insatisfação é essa que me faz parecer estar em um exílio... que saudade absurda é essa de coisas que jamais tive... Por um instante parece que nada aqui pode me trazer o que preciso e tudo fica denso demais para sentir... Quem sabe um dia, em um outro momento, em um outro lugar tudo fique claro... quem sabe um dia a luz se faça e eu consiga abandonar essa inquietude... O que buscamos em nossa vida ???

Nenhum comentário: