sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Talvez fé seja apenas essa sensação estranha de entrega, de tirar o peso dos ombros, de conseguir ver o belo mesmo entre os destroços, de entender que somos limitados, pequenos, de perceber que somos cegos e surdos... Talvez fé seja apenas essa sensação esquisita que estou sentindo hoje, essa paz absurda, como um soldado que dorme no meio do tiroteio... Talvez seja Deus carregando agente no colo, 
como dizia a mensagem da minha amiga Fatima Trovello ontem... Me sinto como uma criança aconchegada no colo do pai... Lembrei agora também da mensagem do meu primo Bruno Carlos Silva... PHN .... no momento não fez muito sentido mas agora é perfeito... Por Hoje Não ! Hoje não vou lamentar, nem rezar, nem pedir, nem agradecer... não vou ser forte nem fraca, não vou atender o celular nem mandar notícias... Chamem como quiser, entendam como quiser... eu vou chamar de fé...

Nenhum comentário: