segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Mais uma saudade para meu coração.








Quando minha mãe partiu ela me deixou um presente muito valioso, que com o passar do tempo foi se tornando a cada dia mais importante para mim e para minha família... O vovô Russo... tão presente e tão amado como se realmente carregasse nosso sangue... mostrando para todos que o amor independe de tudo, o amor é, simplesmente, se faz, simplesmente... vive no coração, ultrapassa toda e qualquer barreira... e permanece, sempre, cada dia mais forte. Ele se manteve em nossa vida e acho que nunca teve a noção verdadeira do quanto sua presença era importante para todos nós. Ele se tornou mais que um amigo pra mim, se tornou uma segurança, uma luz, uma alegria em meio a dias tão tristes... para minhas filhas e para meu filhinho ele era o vovô... o mais querido, o mais amado... a pessoa que eles esperavam para ver, que contavam os dias para poder abraçar... Meu coração se aquecia ao olhar para ele com meus pequenos e ver como a alegria se fazia presente quando estavam juntos... Ele sempre esteve ao meu lado, segurou a barra quando fiquei muito mau, ajudou, apoiou, foi minha tábua de salvação... tenho tantas lembranças... Agora que ele partiu eu fico aqui pensando em quanto a vida foi generosa comigo... trouxe pra mim essa pessoa tão especial, permitiu que que desfrutasse de todo esse amor... Foi realmente um privilégio Russo... Sinto saudade... já sinto saudade! Sei que sempre sentirei... já conheço bem isso e sei que nunca vai passar... mas apesar desse buraco que fica aqui no meu peito, eu me sinto grata pelo tempo que tivemos... por esses anos todos de convivência, amor, amizade... Sei que hoje vc tá bem, sei que aí em cima tudo ficou bem... E em meu coração sei que jamais estaremos separados... Vc e a mãe devem estar juntos agora, matando a saudade, falando de mim e das meninas e vc deve estar falando pra ela do Fabinho, da minha formatura, do concurso, do novo emprego do Fabio... Até posso ver ela sorrindo e vc se sentindo feliz por dar a ela tantas boas notícias! Ah Russo... vai ser dureza sem vc por aqui, vamos sentir saudade, vamos sentir tanta saudade... Mas saiba que nunca te esqueceremos, vc vai sempre morar no pedaço mais bonito de nossos corações, nas mais belas lembranças... Vovô Russo! Vai com Deus meu amigo, obrigada por tudo, de todo meu coração... muito obrigada! Amamos vc! 

terça-feira, 28 de novembro de 2017

O futuro da Educação está em nossas mãos...


Eu tenho 39 anos e estou me formando em Pedagogia esse ano, trabalho em escolas faz muito tempo, já cursei Letras, já fiz muitos cursos, procuro sempre estar atualizada dentro da minha área... acredito realmente no poder da Educação... nunca parei de estudar, nunca desisti dos meus sonhos, sempre busquei, a cada dia, ser não apenas uma pessoa melhor mas também uma profissional melhor... Durante esse caminho eu aprendi muitas coisas, algumas aprendi na prática e outras na teoria... e digo sem pensar duas vezes que, a prática é sim importante, mas que é na teoria que tudo ganha sentido... Para se estar dentro de sala de aula, para poder proporcionar algo bom para os alunos, para que o agir tenha fundamento, a teoria é fundamental! Não basta saber cuidar de criança, não basta conhecer a matéria da aula... o professor precisa saber como agir dentro das especificidades de cada faixa etária, precisa saber mediar o processo de aprendizagem de cada aluno, precisa saber que a afetividade faz parte do processo, precisa saber que determinada lição vem antes da outra, que ensinar a ler é antes de mais nada um ato metodológico que requer conhecimento, que existe um caminho a seguir... Um médico não receita um remédio ao acaso, um advogado não defende um caso sem conhecer as leis... um professor não pode achar que apenas sua vivencia é o suficiente para dar subsídios a sua prática dentro de sala de aula... Na prática eu aprendi a compreender tantas coisas que a teoria havia me apresentado! Quantas coisas a teoria fundamentou em minha prática! É fato gente... uma coisa não é possível sem a outra, não dá pra se tornar um bom profissional sem uma coisa ou sem outra, pois as duas se complementam! Mas assim como um médico antes de praticar precisa compreender a fundo cada teoria, assim como um engenheiro precisa ser conhecedor das teorias antes de construir um projeto... assim também precisa ser com o professor! É preciso acabar com o pensamento retrógrado de que professor não precisa estudar, de que estar em sala de aula é suficiente para ser bom! E isso precisa acabar logo, pois as consequências desse pensamento já se mostram em nossa realidade, em nossas crianças, em nossos filhos! Professores que não sabem como agir diante de um problema em sala, professores que não conseguem alfabetizar, que não sabem onde agir dentro do processo de aprendizagem de seus alunos, professores que não sabem planejar uma aula, que não sabem avaliar seus alunos, que nunca leram autores importantes para a fundamentação da prática em sala... E eu digo, sabendo que serei condenada por muitos, que na minha opinião, que pra mim, o maior problema da educação ainda são os professores... não todos é claro, mas muitos deles, que de braços cruzados, de cabeças fechadas, que sem estudo, com formação duvidosa, permanecem em sala de aula, reclamando das condições de trabalho, reclamando do sistema, resmungando da vida... sem nem ao menos se dedicar verdadeiramente ao que deveria ser o propósito de vida de qualquer professor... a Educação! E desculpe gente... mas antes de educar é preciso ser educado, antes de ensinar é preciso ser ensinado... antes de cobrar o mundo, antes de reclamar da vida, é preciso ser bom naquilo que se faz e fazer com amor e dedicação... O que vejo nos cursos é um monte de gente que não lê nenhum livro, que não assiste nenhuma aula, que não faz a menor ideia do que significa cada capítulo, cada teoria, cada ensinamento... gente que acredita que será um bom professor só porque tem filho, só porque é mulher... que olha para um livro de Paulo Freire e diz "pra que eu preciso saber isso!" Que abre uma apostila sobre psicologia do desenvolvimento e acha que é tudo besteira, que não faz a menor ideia da importância do agir no processo de desenvolvimento de uma criança! Gente que entra em sala de aula e acha que porque sabe cortar EVA é professor, gente que não conhece regra básica de ortografia mas que acha que pode alfabetizar uma criança! Gente que passa o dia dentro de uma sala de aula e acredita que é bobagem fundamentar sua aula! Que não sabe fazer um relatório, que não sabe a diferença entre conhecer e aprender, entre apresentar um conteúdo e ensinar um conteúdo! Professor que acha que aos 3 anos uma criança está pronta para ler, que segura mão de criança para fazer a atividade, que passa o dia pintando atividade para pai ver... que realmente acredita que obrigar uma criança a lambuzar a mão em tinta é um ato de aprendizagem! Gente que senta na sua mesa de professor e cruza os braços quando a turma é difícil, que abandona seus alunos, que ri do erro das crianças... São tantos os absurdos que vimos dentro das escolas!!!! E isso começa dentro das universidades, começa quando esses futuros professores passam semestres ou períodos inteiros sem estudar, sem ler um livro, sem estudar... achando que é possível se formar sem esforço, sem abrir mão de um final de semana, de uma noite de sábado... gente que usa o outro para conseguir um diploma, que no final do curso vai levantar seu certificado e realmente acreditar que está formado, que será um bom professor! E o perigo disso tudo... o perigo disso tudo é um de seus filhos caírem na sala de um desses professores, um de seus netos... um primo ou sobrinho... Eu não sou perfeita, não sou a melhor professora do mundo! Sei disso, conheço minhas limitações e luto para superar cada uma delas... mas se tem uma coisa que nunca fiz foi conseguir algo sem me esforçar para isso! Eu luto, eu me dedico, eu leio e busco compreender as coisas que possam me ajudar em minha profissão... E esse texto enorme não é para me gabar de nada... mesmo porque na minha humilde opinião, isso é o mínimo que um professor precisa fazer... estudar!!!!! Cada vez que abro minha página e acho um erro grotesco de ortografia em um grupo de professores, cada vez que vejo um aluno do último ano de pedagogia perguntando onde achar o link de postagem de um trabalho que deveria ter feito durante todo o curso, cada vez que vejo gente perguntando quem é um autor que deveria ter conhecido no primeiro semestre... cada vez que vejo essas coisas, temo pela minha profissão, temo pelo futuro da educação no Brasil, temo por meus filhos.... temo pela humanidade, que infelizmente, a cada dia, parece estar perdendo valores básicos ao ser humano.... Triste, lamentável.... doloroso de se ver!!!!!

Eu acredito...



Sobre o livro que acabei de ler hoje. 

As coincidências me deixaram estranha durante toda a leitura. Ela perde a mãe que durante 4 meses luta contra o câncer, e se vê sozinha aos 34 anos desejando novamente ser professora... A mãe deixa pra ela uma lista de sonhos que ela havia feito quando jovem, para que ela realize cada sonho que tinha deixado para trás. 

Eu chorei em várias partes... Essa semana por várias vezes pensei em minha mãe, desejando seus conselhos. Então encontro esse livro no aplicativo e sem ter a menor ideia do enredo... comprei. Agora que acabei de ler estou aqui olhando para minha lista de sonhos... alguns corajosamente vividos, mas muitos esquecidos em algum lugar entre os meus 15 e meus 39 anos... 

E por um instante me deixo levar pela ideia adorável de que minha mãe lá do céu colocou essas páginas ao meu alcance. Sinais... sempre acreditei em sinais..

Se você é professor... seja um professor!!!

É textão mesmo... leia quem quiser! Eu acho, e isso é só uma opinião minha, que as pessoas estão perdendo a noção do que é certo e errado nessa vida... Eu tenho 3 filhos, trabalho, casa, faço faculdade, estudo para concurso e ainda faço uns bicos para levantar um dinheirinho... O tempo é curto, claro que é... perco horas com meus filhos, perco horas de sono, perco passeios... mas não estou reclamando não, acho que é obrigação minha fazer as coisas que me propus a fazer, da melhor maneira possível, o dia que não der conta eu paro e estabeleço prioridades... Mas jamais colocarei minhas responsabilidades em cima de outras pessoas usando a desculpa de que o tempo é curto ou de que não sei fazer algo... Eu leio nos grupos o pessoal pedindo informação e fico mesmo muito brava, não por pedirem mas por ver que as pessoas nem ao menos se esforçam para conseguir... é mais fácil pedir no grupo do que abrir o site, ler a orientação, pesquisar na internet... claro... isso leva tempo! Tempo que alguém perdeu quando pesquisou... Cada trabalho, cada pesquisa, cada coisa que alguém não faz, o outro terá que fazer sozinho... E é triste ver que as pessoas não se importam com isso. E tudo isso piora quando se está falando de um grupo de universitários, futuros educadores de nosso país! Já vi de tudo em grupo de professor e digo que o reflexo dessa falta de comprometimento está aí... em cada escola, em cada sala de aula, em cada aluno que já não se interessa pelos estudos. Eu leio cada apostila, pesquiso sobre cada matéria, busco informações, procuro me manter atualizada... me dedico a cada trabalho... e não acho que deva receber mérito por isso... um professor tem a obrigação de estudar, de aprender, de buscar novos métodos, novos caminhos... um professor tem a obrigação de dar o exemplo! É muita falta de responsabilidade entrar em uma sala de aula, se colocar no papel de professor, quando não se sabe o que fazer, quando não se estudou para estar lá! Tudo é importante, conhecer a cabeça das crianças, como se desenvolvem, conhecer os teóricos, os métodos, os filósofos da educação que por toda vida traçaram caminhos para os professores! E não precisa ir para a escola não, podemos colocar isso dentro de nossas casas... que exemplo estão dando para seus filhos... Eu tenho orgulho do que sou e tenho convicção do que faço... Minhas filhas estão vivendo comigo cada conquista, elas me olham estudando, lendo, pesquisando, me olham nos livros enquanto todos se divertem... e elas sentem orgulho de mim. A cada nota boa nas provas, a cada 10 em trabalhos, a cada boa classificação em concurso... Elas sentem orgulho porque sabem do meu esforço, da minha dedicação, do meu comprometimento. Eu acho mesmo que a Educação no Brasil precisa melhorar muito, mas acho que antes disso as pessoas precisam melhorar muito... noções básicas de respeito e honestidade que estão faltando... Que valores essas pessoas passarão para seus alunos... que alunos nascerão dessa falta de conhecimento, dessa falta de responsabilidade... Eu trabalhei em várias escolas, já fui contratada, estagiária... e já conheço bastante da vida para dizer sem medo, que o que falta por aí é amor pela profissão... falta acreditar no que se faz... falta aquela vontade de fazer o melhor pelas crianças, de fazer o bem pelos alunos, de dar a eles o melhor possível... A Educação se acomodou, os professores chegam nas escolas sem preparo, sem vontade, sem ter a menor ideia do mau que estão fazendo para as crianças... Os poucos que lutam e correm e buscam o melhor se percebem sozinhos, sem apoio... e a grande maioria, infelizmente, só quer o salário no final do mês... e ainda assim acham pouco! É hora de acordar, hora de mudar, hora de acreditar. Ser professor não é falta de opção, não é escolha, não é para qualquer um... Professor precisa ser gente de bem, precisa carregar nos ombros o peso do comprometimento, precisa estudar e pesquisar e correr muito, na certeza de que sempre terá algo mais para aprender! Professor tem que ser bom no que faz mas tem que ser bom no que é... Valores básicos minha gente... valores essenciais... Pelo amor de Deus... não levem esse tipo de coisa para suas salas de aula... o mundo já não aguenta mais esse tipo de gente!
A vida por eles, cada sonho, cada desejo. O primeiro pensamento de todas as manhãs, o último pedido em todas as orações... A insana certeza de ser capaz de mudar o mundo para cada um deles... a luta diária para fazer com que cada dia seja pleno de alegria e amor! Sem limites, sem descanso... Amor puro, maior que tudo nessa vida. Nenhuma palavra seria capaz de definir, nenhuma frase, nenhum ato meu conseguiria demonstrar o quanto eu amo vcs!


Superação

Superação... 

hoje estou aqui pensando sobre essa palavra... Quantas coisas superamos ao longo da vida, quantas coisas somos obrigados a superar... 

Pq o mundo já não tem tempo para as dores do outro, já não se pode chorar ou se sentir cansado. Não há mais tempo para o ouvir, para acalmar... As pessoas querem ser boas para tirar foto e por no Facebook... ouvir o outro não dá curtida nem comentários nas redes sociais. Então nós vamos calando nossas dores, calando nossas tristezas... calando tudo que precisamos calar... 

Superação, parece bonito né... mas eu fico aqui me perguntando se não estamos apenas enterrando nossos sonhos... Ando cansada... cansada de superar tudo e continuar de pé, cansada de ser forte, cansada de tantas coisas... 

O mundo ficou duro demais, só os fortes conseguem... e nós vamos seguindo, sendo apenas o que precisamos ser e deixando de lado o que realmente somos. É a vida, repetimos para nós mesmos, e resignados vamos seguindo em frente... superando e sendo fortes. 

Mas eu ainda acho que a maioria apenas está muito cansada... cansada demais pra ser quem realmente é...

Realizando sonhos

Para alguns se formar quase aos quarenta pode parecer pouca coisa... para muitos isso pode estar fora de tempo, fora do ideal... talvez seja mesmo... Mas pra mim tem um gosto especial, um significado, uma sabor adocicado. Foram 4 tentativas, por 4 vezes comecei e tive que parar de estudar... filhos, casamento, vida, momentos de tristeza que me tomaram por completo... mas acredito que tudo foi no seu tempo, tudo no devido tempo... Esse ano estou me formando e é com alegria que dedico essa caminhada... Obrigada meus queridos, obrigada por tudo... sempre e para sempre...

 

z.magiezi


Carpe Diem

Não tenha medo de ser quem você é, de desejar seus desejos... de sonhar seus sonhos.
A vida é pequena, frágil, delicada... aproveite cada instante!
Viva intensamente!



Nunca deixe para amanhã



Nunca deixe para amanhã! 
''Eu tenho uma lembrança que sempre me tira sorrisos de alegria e lágrimas de saudade... Minha mãe está na cozinha de chão vermelho brilhante fazendo algo para comer, no rádio toca alguma música daquelas que meu vô lá no interior adora ouvir... eu passo por ela olhando para seu rosto e ela me dá um sorriso daqueles que damos para os filhos quando estamos ocupados demais para abraçar... E então vejo meu pai, sentado no degrau do meio da escadinha da lavanderia, o muro é maior que eu e não podia ver o quintal dos fundos que dava para a casa dos vizinhos, ele está com o violão preto no colo sem tocar com um pacotinho de cordas do lado... e quando ele me vê dá aquele sorriso que só quem conheceu meu pai sabe como é... Eu não lembro quando foi nem que dia era, não sei quantos anos tinha mas a imagem é muito nítida como se estivesse acabado de ver um filme. Lembro do chinelo nos seus pés, das curvas do seu cabelo, das marcas que se faziam nos olhos quando ele apertava a vista para falar... E então o tempo passa e eu já sou uma mulher, meu pai está sentado no quintal de sua casa lá em Santa Cruz e em sua cabeça já vejo as marcas e cicatrizes da cirurgia... ele está com um pé na bacia de água quente e o outro no meu colo e em seu rosto o mesmo sorriso e em seus olhos as mesmas marcas... Foi a última vez que visitei meu pai, ele me pediu para cortar suas unhas dos pés... estávamos sentados no sol em frente a roseira e ele ria e resmungava porque eu não conseguia cortar bem curtinha como ele queria. Do lado minhas filhas brincavam e na minha barriga o Fabinho já crescia... e seria tudo perfeito se não houvesse sobre nós a nuvem do fim que todos nós sabíamos que se aproximava... Lembro que olhei para ele e me veio na lembrança o dia do sorriso na lavanderia e eu levantei e pedi pra ele esperar que ia pegar um creme... lembro de secar as lágrimas e voltar sorrindo para terminar suas unhas e lembro do aperto no peito que senti ao perceber que minha mãe já não estava entre nós e que em breve meu pai também não estaria... A última vez que vi meu pai vivo ele estava acenando para nosso carro com aquele sorriso que era só dele e com as unhas dos pés bem cortadinhas, ele já não escondia a cicatriz com chapéu e parecia saber que toda a luta não daria o resultado que eu esperava... Nunca sabemos quando será o último abraço, o último acenar de mãos, o último eu te amo... Eu guardo essas lembranças e tantas outras e em dias de saudade me agarro a elas e me sinto grata a vida que me presenteou com tanto amor. Hoje acordei com o sorriso do meu pai na lembrança, seus olhinhos apertados quando falava algo engraçado, sua maneira tímida de abaixar a cabeça quando a conversa era mais séria... sua doçura e generosidade... Te amo paizinho querido, te admiro e te respeito, tenho tanto orgulho de ser sua filha e tanta gratidão por tudo que me ensinou... Fica bem aí no céu e quando puder dá uma olhadinha aqui por nós... tenho feito tudo para que você possa se orgulhar de mim o mesmo tantão que me orgulho de vc... um tantão assim... sem fim!''