quinta-feira, 7 de março de 2013

Amor de mãe é eterno !

Amanhã faria dois meses que mimha mãe partiu mas como fevereiro não tem 29 eu fiquei aqui hoje pensando em como dois meses podem mudar tanto a vida de um pessoa... Ela me faz falta absurdamente, praticamente a todo instante do dia eu me lembro dela. Choro muitas vezes, no banho, na hora de dormir, antes de todos acordarem... choro quando leio uma mensagem que encaminharia pra ela, quando pego o telefone e não sinto vontade de contar meu dia para mais ninguém... Choro porque a ausência dela ainda me deixa perdida e assustada. Ah minha mãezinha maluca, como eu poderia imaginar que vc iria tão cedo, teria deixado passar tantas discussões bobas, teria deitado no seu colo, teria te beijado mais... Eu e essa minha mania de escrever, pq não te falei tudo ao invés de tantas cartas... vc dizia que chorava "mi mi mi" com minhas cartas e só poucas pessoas entendiam isso nos nossos comentários... rsrs ... Minha mãe linda e alegre, sempre falando mais que a boca, sempre com um boa história pra contar... "Oi Pá" , " Oi mãe" ... e lá se iam horas no telefone, eu sentada na rede, fazendo comida, dando banho nas meninas, trabalhando... e o telefone no ouvido, e depois ouvindo vc falar no viva voz com as meninas "amor da vovó que saudade, que dia é amanhã..." e a Duda gritava "sábado com a vovó" e por mais que eu estivesse irritada não podia deixar de sorrir... Ah mãe que saudade sinto dessas pequenas coisas que eram tão certas na minha vida... agora mesmo eu estaria te ligando pra contar de ontem, toda entusiasmada e vc ficaria feliz e ia me ouvir contar todos os detalhem com maior paciência... Tenho buscado entender toda essa maluquice, tentado buscar consolo, tentado manter alegria e te deixar orgulhosa de mim, não consigo o tempo todo, mil perguntas ficam na minha cabeça as vezes e o "por que" é sem dúvida um tormento cruel em meu coração... mas não me deixo afundar nessas dores, penso em vc e na sua força e alguma energia misteriosa me faz levantar e sentir esperança... Como um marinheiro, lembra ? Não sei se por aí tem facebook, provavelmente não, mas algo me diz que de alguma maneira essas palavras sempre chegam até vc , e pra não perder o costume prefiro escrever... talvez seja essa minha prece... Vejo vc radiante em um bonito jardim, sentindo saudade de mim e das meninas, se preocupando com as coisas que não pode mais tomar conta... vejo vc alegre ao reencontrar amigos e se sentir acolhida, vejo vc dizendo baixinho "não é que a Pá tinha razão" e sorrindo ao perceber que a vida realmente continua... Sei que não está fácil a saudade mas sei que por aí tudo fica mais claro e que por isso com certeza logo vc estará pronta para dar uma espiadinha em todos por aqui e espero de coração que alguém possa te entregar essas carta s por mim... e posso até ouvir vc falando " até aqui a Pá me faz chorar mi mi mi " ... Fica bem mãezinha, fica tranqüila que não surtei nem entrei em depressão profunda...rs... Tudo ficará bem por aqui, não se preocupe com as meninas, acho que elas entendem melhor que nós esse até logo... Eu te amo muito, sinto saudade e ... agora também estou mi mi mi.... aaah mãe... que bom seria um abraço seu agora... Te amo !!!

Nenhum comentário: