quinta-feira, 25 de abril de 2013

Caminhando e cantando e seguindo a canção....

Eu já esqueci ofensas, já arranquei do coração sentimentos ruins e transformei em bons... eu já pedi perdão mesmo sabendo que estava certa... já silenciei quando a vontade era gritar. Eu já deu um passo para trás para esperar por alguém, já chutei algumas pedras para poder passar... Já me afastei do mundo, já me encolhi no canto, já desejei desaparecer... Eu aprendi a não ter preconceitos, aprendi que amor não tem regras, já aprendi que as vezes simplesmente não vale a pena... aprendi a não desejar mudar nada que não esteja dentro de mim mesmo. Aprendi que respeito é a base de tudo e que o amor é essencial a vida, como o ar que respiramos... Eu já fiz muita besteira, já errei feio com a vida, mas nunca prejudiquei ninguém, nunca desejei o mau para o outro... todos os meus erros foram na tentativa de acertar... Eu não sei guardar ódio, não sei segurar sentimento, em um momento está aqui dentro e no outro já está pra fora, nunca permiti que um rancor durasse mais que um dia em meu coração. Eu sou quieta, ansiosa, teimosa, egoísta, frágil e terrivelmente prepotente as vezes... mas se você estiver chorando eu saio correndo pra te consolar e se estiver com problema eu terei o maior prazer em te ouvir... Fico triste quando erro, fico triste quando me interpretam mal... fico triste quando a vida fere os que eu amo... mas jamais permiti que as lágrimas fossem maiores que a esperança... Tô longe de ser perfeita, preciso de mais umas mil vidas pra começar a ganhar alguns pontinhos... mas tô tentando, tô tentando mesmo.... mais do que vocês possam imaginar... A vida não é fácil, não é um passeio ou um parque de diversões... estamos aqui em missão de resgate e temos o dever de entender e aceitar isso... mas sofrer não é preciso, tristeza não faz parte dos planos... Então vamos que vamos, de cabeça erguida e coração aberto, secando as lágrimas e buscando um sorriso lá no fundo... vamos que o tempo é curto e a lição é grande... vamos que a vida chama e o tempo não para !

Nenhum comentário: