sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Até breve meu querido pai ! Saudade eterna !



Meu paizinho tão querido, tão amado... quanto orgulho de você ! Em todos que se juntaram a mim em sua despedida o que eu vi foi amor, carinho, gratidão e admiração. O violeiro, o companheiro pescador, o irmão amado, o tio zé, um homem tão bom... era o que todos me diziam com lágrimas nos olhos ao se despedirem de você... E eu ficava ali lembrando do seu olhar tão sereno, sua maneira mansa de falar e de viver, das modas de viola, das histórias de pescador, do sorriso que você sempre levava no rosto até nos momentos mais difíceis... Meu pai, meu exemplo de honestidade, de fé, de amor. O mundo fica mais triste sem você pai, sem seu violão, sem seu amor. A tristeza que tomou conta de mim não tem tamanho, como vai ser difícil arrumar força para seguir sem você nessa vida... Nós ficamos aqui pela metade, nada mais será como antes, em cada um de nós fica um buraco sem fim que ninguém jamais poderá preencher... E eu que achei que já havia vivido toda tristeza desse mundo acordo hoje com uma dor profunda aqui no peito... meu paizinho foi embora... Mas olhando em volta eu vejo suas coisinhas espalhadas pela minha casa e meu coração se enche de orgulho e gratidão... que grande herança você me deixou paizinho... as lembranças contidas nessas fotos, cartas, suas músicas, suas coisinhas de pescador, sua gaita, seu violão... tudo que ficou me trás uma lembrança doce e serena de você, me leva de volta a uma parte bonita da minha vida, ao lugar mais lindo que existe dentro de mim e onde você sempre estará presente... Você me ensinou muito nessa vida pai, me ensinou o valor das coisas simples, a olhar o mundo com olhos mansos, a olhar para as pessoas com serenidade... o que você deixou pra mim não tem preço nessa vida, valores e sentimentos que me sustentarão para sempre... sua lembrança vai ser sempre a parte mais leve e mais bonita de minha história. Agradeço a todos por tanto amor, como você foi amado pai ! Meus tios e tias, primos e primas, seus amigos e companheiros, seus funcionários, o vô, a vó... tudo que eu vi em cada pessoa que passava por lá era amor e gratidão... em cada olhar uma lágrima de amizade, de agradecimento, de amor, de carinho e de respeito... quantos amigos, quantos companheiros você fez nessa vida com esse seu modo manso e sereno de ser... E eu sinto tanto orgulho pai, de saber que você será sempre lembrado por todos com amor e carinho... sempre terá alguém em algum lugar lembrando de uma história sua, tocando uma moda de viola pro zé, pescando um peixe pra você... Assim como foi no último momento o que fica é o som da viola na voz dos que te amavam. E sempre que eu olhar um rio mansinho passando, sempre que ouvir o som tranquilo de um violão, sempre que olhar uma rosa vermelha, sempre que ouvir uma gaita, sempre que ver um passarinho cantando, sempre que pegar uma estrada, olhar uma vaquinha pastando, sempre que ver a natureza calma iluminando a vida estarei aplaudindo você pai e celebrando sua passagem nesse mundo... Meu paizinho violeiro, que tocava qualquer instrumento sem nunca ter feito uma aula, meu paizinho pescador, meu paizinho honesto, trabalhador... doce... sereno como o por do sol... um dia ainda vou pro Mato Grosso sentar na beira de um rio pai, um dia ainda vou tocar seu violão pra esse seu netinho que você não teve tempo de conhecer... e você sempre será lembrado por nós viu... Vai com Deus paizinho, vai pra casa, pro céu que é o seu lugar... Nunca vou conseguir te agradecer por tudo que você representa em minha vida, você é meu herói, meu exemplo, suas lições irão me guiar para sempre... Você foi a parte mais bonita de mim, estará sempre vivo nas mais doces lembranças de minha vida... Obrigada pai, obrigada por ter sido meu pai, obrigada por sua amizade, por seu carinho, por seu apoio incondicional em tudo sempre, por seus conselhos tão sábios, pelos valores que você plantou em nossos corações... É por você que hoje eu acordei e agora vai ser ao som dos seus cds de viola que vou arrumar suas coisinhas aqui pela minha casa... e é por você que vou transformar essa tristeza em força para fazer de minha vida uma homenagem a você... Te guardo para sempre no meu coração meu paizinho querido... tão querido. Como eu te amo viu... Obrigada ! E a vocês, vô, vó, tios e tias, primos e primas, amigos e companheiros do meu pai... a vocês fica minha eterna gratidão por todo carinho e respeito, por todo amor... Sei que assim como eu cada um de vocês leva no coração um pedacinho do meu pai, do nosso Zé... E que todos nós possamos continuar nossa homenagem a ele, e um dia vamos todos sentar em volta de uma viola e cantar uma moda bem bonita pro nosso Zé ! Sempre amado e sempre guardado em nossos corações. Vai com Deus pai ! Te amamos ! 

Nenhum comentário: