sexta-feira, 24 de maio de 2013

Mais amor, por favor ! Gentileza gera gentileza !


Quando estava no IBCC com minha mãe, já no final, desesperada e buscando ajuda eu procurei uma médica oncologista no ambulatório, passei horas em pé na porta da sala dela e quando consegui entrar ela nem ao menos me deixou falar, olhou pra mim e disse " sua mãe vai morrer, ela está morrendo, não vou passar a mão na sua cabeça, sou grossa mesmo, desculpe, mas não tenho tempo pra perder com ela " .... Eu saí de lá chorando e perdida, sentei na calçada e fiquei esperando me acalmar para voltar para o quarto da minha mãe... fui até a ouvidoria e fiz uma reclamação formal, fui até a assistente social e falei que iria até os jornais se fosse o caso... No outro dia, outra médica me procurou, ela olhou pra mim e disse " as chances são tão poucas Paula, sua mãezinha está tão fraca, mas nós faremos tudo que estiver ao nosso alcance, ela vai ter o direito de lutar, mas mesmo que ela não consiga eu quero que você saiba que fez tudo por ela. " E eu nunca vou esquecer o dia que colocaram a quimio na minha mãe, a esperança que a gente tinha naquilo, a alegria da minha mãe ao perceber que não tinham desistido dela... As duas médicas tinham a mesma pessoa nas mãos, tinham o mesmo caso, a diferença é que uma olhou com os olhos do orgulho e outra com os olhos do amor... a segunda médica também não passou a mão na minha cabeça, ela não me deu falsas esperanças... mas ela encheu meu coração naquele dia de fé e tanto eu como minha mãe ficamos tão gratas a ela... Aquele foi um ato de amor e feito com amor... não o outro, não a dureza prepotente de uma médica que se acha deus, que tem o direito de tirar do outro a fé e a esperança... Vejo muitas pessoas dizerem com orgulho que " não passam a mãe na cabeça de ninguém", que "amigo mesmo é aquele que fala a verdade na cara", que " é melhor ser grosso do que ser falso" ... Mas vou dizer que discordo de tudo isso, não vejo bem nenhum em palavras duras nem em atitudes rudes, sempre existirá uma maneira doce e gentil de você demonstrar sua amizade e seu amor. Nós não imaginamos o que o outro está sentindo no momento que chega até nós, não fazemos ideia do tamanho da dor que possa estar em seu coração, não conhecemos o intimo das pessoas e não temos ideia do quanto nossas palavras podem levar a tristeza ou a solidão... Lembro com tristeza das vezes que já joguei palavras sem amor nos outros com a desculpa de que "era para o bem"... quanta prepotência meu Deus... peço que me perdoe por isso... Não é necessário ser falso para ser gentil e não é necessário ser grosso para falar a verdade... existe uma maneira tão mais doce de convivermos com o outro... basta descermos de nossa prepotência e olharmos para o lado com mais amor... Hoje quando vejo alguém elevar a voz para o outro, quando vejo alguém ironizando o outro, quando vejo alguém diminuindo outra pessoa... hoje quando vejo alguém vomitando suas verdades com orgulho e vaidade eu sinto tristeza... tristeza pelo que já fiz e pelo que já possa ter causado... e sinto tristeza pelos que ainda não sabem do mal que cometem usando palavras rudes justificadas em um suposto desejo de fazer o bem... Mais amor gente... por favor, mais amor !

Nenhum comentário: